EM MT: Pastor é preso em Cuiabá acusado de estuprar menina de 11 anos

0
2937

Ex-candidato a vice-prefeito na eleição de 2012, em chapa que era encabeçada pelo ex-deputado estadual Carlos Brito, o pastor Paulo Roberto Alves, 52, que comanda uma igreja que leva seu nome em uma das principais avenidas de Cuiabá, foi preso acusado de ter abusado sexualmente de uma menina de 11 anos de idade, em sua residência, no Jardim Itália. O pastar nega o crime, mas tanto a menina, quanto sua tia, de 16 anos, que estava com ela, afirmam que houve o abuso sexual.

 

Segundo as informações dos policiais militares que trabalharam na prisão do pastor evangélico, Paulo Roberto foi flagrado em sua caminhote Toyota Hilux na tarde de quarta-feira na Avenida das Torres deixando as duas meninas em um ponto de ônibus, próximo a um matagal. Ao perceber a presença da polícia fugiu.

 

As crianças, que estavam sozinhas, ao serem abordadas pelos policiais confirmaram que estiveram na residência do pastor para um programa sexual. A adolescente de 16 anos disse que já havia praticado sexo com o pastor e que este lhe ligara na manhã de quarta-feira sugerindo que queria fazer o mesmo com sua sobrinha de 11 anos. “Disse a ele que ela era muito nova, mas ele insistiu, então levei”, disse a jovem, que reside no bairro Pedra 90. Ela disse ainda que o pastor fez sexo apenas com a sobrinha de 11 anos em seu quarto e que ela ficou apenas vendo. Pelo serviço a garota teria recebido R$ 100,00 enquanto a menina de 11 anos outros R$ 50,00.

 

As meninas indicaram onde o pastor residia e ao chegarem ao local encontraram apenas o evangélico que informou sua caminhonete havia sido roubada e que já havia registrado o caso na Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos. Mesmo assim ele foi conduzido até a delegacia, onde as meninas confirmaram novamente o estupro.


FONTE: 24 Horas News

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here